7 Dicas para Lançar um Produto, por Daymond John!

386

Lançar um Produto

Daymond John sabe o que é ser quebrado. Após três tentativas que não deram certo, a estrela do Shark Tank criou o seu primeiro negócio com apenas 40 dólares e muita esperança e reza. Claro que conseguir a ajuda de alguém como LL Cool J também deu um empurrãozinho. Não muito tempo após o lançamento da sua marca de roupas FUBU (“For Us by Us”), o rapper começou a usá-la e a marca explodiu.

Este artigo foi retirado do blog Entrepreneur e traduzido por Buyandhold.com.br

O empreendedor serial, que começou jovem vendendo lápis customizados com o nome do cliente na escola, desde então lançou e investiu em dezenas de negócios que fabricam algum produto. O último deles foi o livro The Power of Broke: How Empty Pockets, a Tight Budget and a Hunger for Sucess Can Become Your Greatest Competitive Advantage (O Poder da Pobreza: Como Bolsos Vazios, Um Orçamento Apertado e a Sede por Sucesso Pode se Tornar a sua Maior Vantagem Competitiva, em tradução livre). No livro ele compartilha os segredos de se criar algo do nada e como criar negócios “da pobreza”, como ele fez de forma bem sucedida.

O blog de empreendedorismo Entrepreneur ligou para o magnata multi-milionário da moda para pegar algumas dicas sobre como lançar um produto “como um tubarão”. E aqui está as suas sete principais:

1 – Saiba o que os seus clientes irão querer

O primeiro passo quando estiver lançando um produto novo é pensar de trás para frente, disse Daymond John. Faça um brainstorm sobre como fazer um produto que os seus clientes irão querer, para começo de conversa.

“Como nós fizemos com a FUBU, nós criamos um produto para pessoas que entendiam a gente e eram iguais a gente, pessoas que gostavam de rap e amavam a cultura do rap”, ele diz. “Visualize os seus compradores ideais — o que eles normalmente gostam ou não gostam, quais tipos de sofrimentos que eles passam e que precisa serem amenizados — e então faça um protótipo do seu produto de uma forma que “fala com eles e resolvem os seus problemas”.

2 – Envolva diretamente o seu público alvo na criação do seu produto

“Você não faz o produto e eles virão”, diz Daymond John. “Você tem que fazer com que seu público alvo seja parte integral do lançamento, da concepção e todas as etapas posteriores”. Por exemplo, quando ele teve a ideia do seu ultimo livro, ele fez uma enquete para os seus seguidores no Twitter e outras redes sociais perguntando sobre qual cor eles gostariam que tivessem na capa do livro e quais seriam os tópicos que eles gostariam que tivesse em cada capítulo.

“Eu dei as opções a eles e então eles sentiram que estavam fazendo parte do processo de lançamento, fazendo com que eles influenciassem o produto e fazendo com que tivessem vontade de comprá-lo”, ele disse.

3 – Crie uma comunidade de embaixadores ao redor do lançamento de seu produto

Criar uma comunidade que irá divulgar o seu produto bem antes do lançamento é o segredo, Diamond John diz. Da mesma forma que ele fez com o livro, se possível, envie versões de teste do seu produto para os embaixadores em potenciais da sua marca. Idealmente estas pessoas são influentes nas redes sociais com um grande número de seguidores que podem espalhar a notícia do lançamento de seu produto. O truque é criar preventivamente fidelidade à marca através destes defensores.

John criou esta técnica bem sucedida bem antes das redes sociais entrarem em cena, bem no coração de seu bairro, no Queens. “Antes da FUBU ser apoiada por LL Cool J pelo mundo afora, antes de se tornar oficial e antes das redes sociais se espalharem, eu me certifiquei que todos os garotos influentes do meu bairro, que todo mundo respeitava, usassem o meu produto.” ele diz. “Eles botaram a boca no trombone e falaram sobre ele na comunidade do rap, que então influenciou os influentes e maximizou o alcance da marca — da vizinhança para a cidade da cidade para o mundo”.

4 – Colete o máximo de feedback sobre o seu produto que puder. E então consiga mais alguns.

Para convencer os embaixadores da marca a irem atrás do seu produto e promovê-lo como se eles mesmo fossem os donos, Diamond John sugere pegar as suas primeiras impressões e fazer qualquer modificação necessária antes do lançamento. “Para conquistar as pessoas que irão realmente amar o seu produto e criar o boca a boca, faça eles ficarem orgulhosos deste produto e não os façam passar vergonha lançando algo que ainda não está 100 por cento.” ele diz.

Você ainda pode querer perguntar a estes embaixadores da marca que você recrutou sobre o que eles gostaram ou não gostaram no seu produto. O que eles aperfeiçoariam e por quê? “Preste atenção ao que eles falam porque é crítico para o sucesso do seu produto”, diz John.

5 – Faça promoção cruzada do seu produto com pessoas influentes.

[Você pode usar] ‘o momento’ de outra pessoa, a inteligência, a influência, o poder de marketing” Você deve aproveitar estrategicamente todas essas coisas quando está lançando um produto através de uma promoção cruzada entre as pessoas da indústria que você trabalha.

Por exemplo, Daymond John fez com o que o especialista em marketing e colaborador do Entrepreneur Jeffrey Hayzlett escrevesse sobre o seu livro quando ele foi lançado. “Eu digo promoção cruzada porque realmente é uma via de mão dupla”, ele diz. “Eu promovi o Jeffrey e ele me promoveu, no Twitter e podcast — ou onde irá criar o maior impacto. Eu peguei emprestada a sua audiência e o mesmo aconteceu com ele. Estamos em uma relação que beneficia ambos. O meu livro é divulgado e ele está criando valor para os seus leitores e ouvintes.”

6 – Coloque o seu produto na prateleira dos varejistas locais primeiro.

Pense localmente, mire globalmente. A realidade, diz John, é que a loja do bairro irá divulgar o seu produto muito mais do que as grandes varejistas. “As lojinhas da vizinhança, pequenas vendas são as redes da comunidade”, ele diz. “Conversas importantes acontecem ali dentro. Os donos normalmente são de confiança dos vizinhos que compram ali e a indicação do seu produto pode ir longe.”

Se o seu produto se tornar um sucesso nestas pequenas lojas e a divulgação for abrangente o suficiente, os grandes varejistas eventualmente virão atrás de você. “Eles verão que não terão que correr muito risco porque o seu produto vende e funciona, e eles também vão querer fazer parte disso”, diz Daymond John.

7 – Não se esqueça de dizer “obrigado”.

O passo final de promoção do seu novo produto é fazer algo que a sua mãe te ensinou: expressar a sua gratidão dizendo obrigado genuinamente e com frequência. “Uma vez que as pessoas fazem parte da tribo da sua marca, mostre para elas que você está grato por sua compra, e mostre que você realmente pensa isso.” disse John. Uma das maneiras que o Daymond John fez isso com os clientes da FUBU foi enviando produtos de graça quando eles compravam uma certa quantidade de itens.

Recentemente, com o seu novo livro, John agradeceu as pessoas que foram pessoalmente comprar o livro no seu lançamento. “Eu as olhava nos olhos, criava conexão com elas e dizia ‘Obrigado’. Então as pessoas tiravam uma foto e colocava na sua rede social” ele diz. “Elas irão se lembrar de mim como uma pessoa além daquela que apenas pegou o dinheiro delas e disse um ‘obrigado’ vazio. No fim das contas, a recompensa é a lealdade.”

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA