Comentário sobre o vídeo “O Besteirol do “quero que o preço desabe para comprar mais barato…” de Bastter

548

Encontrei este vídeo do Bastter  comentando sobre a má estratégia que é fazer preço médio para baixo. Segundo o autor é a maior besteira quando dizem que “é bom o preço cair porque poderei comprar mais.”

Entretanto o Bastter utiliza como exemplo para justificar a sua teoria uma empresa excelente onde o lucro só aumentou nos últimos anos, e uma empresa ruim onde o lucro só caiu. Mas que belo argumento! Seria mais simples dizer que não deveríamos comprar ações de empresas ruins, mas apenas de empresas boas. O vídeo duraria apenas 30 segundos e seria uma dica tão válida quanto a que foi dada no vídeo de 13 minutos.

Generalizar é sempre uma bobagem. Após generalizar algumas vezes no início do vídeo, ele tentou mencionar algumas exceções, mas falou muito e não disse nada.

Existe diversas situações onde os lucros de uma empresa são crescentes e as suas ações caem violentamente em um curto período de tempo. Esta é a situação ideal para comprar. São situações acompanhadas de medos passageiros aliada a efeito manada. Pessoas que vendem apenas porque “todo mundo” está vendendo. Há outras situações em que a empresa apresenta um crescimento modesto (ou queda) nos lucros e o preço de sua ação dispara vertiginosamente. Seria esta, segundo a teoria de bastter, uma situação boa para comprar mais ações?

Warren Buffett comprou a American Express em uma situação de medo passageiro onde “todos venderam porque todos estavam vendendo”. A empresa foi vítima de um cliente inescrupuloso que criou o “escândalo do óleo de salada“. Dando como garantia sobre os empréstimos água no lugar de óleo. Entretanto esta fraude não atrapalhou a American Express que era uma empresa muito grande e com clientes fiéis. Por isso Warren Buffett passou a fazer uma pesquisa com comerciantes para saber se as pessoas pararam de utilizar o cartão de crédito, e chegou a conclusão que elas ainda continuavam a utilizar normalmente. Sinal de que os lucros não seriam seriamente afetados.

Por outro lado temos empresas na época da bolha da internet, no início dos anos 2000, que subiram de uma forma esplêndida baseada apenas em promessas. Poderia citar vários exemplos.

Ações de excelentes empresas que caem temporariamente sempre constituem melhor compra do que ações que sobem: seja ela de boas ou más empresas. Mas esta conclusão é tão óbvia que não seria necessário um vídeo longo para tratar deste assunto.

Bastaria dizer: compre ações de uma boa empresa e aproveite a oportunidade para comprar ainda mais quando ela estiver com o preço abaixo do seu valor. Fuja de empresas ruins, ainda que ela seja uma pechincha. E se cometeu o erro de investir em uma empresa ruim, saia enquanto há tempo. Se está no buraco, pare de cavar.

Segue vídeo abaixo:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=RaIiVpzXzfA]

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA