8 passos simples para se livrar das dívidas

181

pessimist2

O hábito de se endividar quase sempre é causado pelo efeito bola de neve.

A pessoa faz a primeira dívida, e paga com uma segunda dívida. A segunda dívida é paga com a terceira e quando menos percebe está em um caminho cada vez mais difícil de voltar. Movido pela vergonha, muitas vezes o endividado não expõe a sua situação para os familiares até que a bola de neve esteja realmente grande. Veja algumas dicas para se livrar das dívidas:

1 – Se puder, troque uma dívida de juros altíssimo por uma de juros mais baixo. Este é o único tipo de dívida que será permitido fazer.

Os juros nos cartões de créditos são maiores que o de empréstimo de cooperativas de crédito, por exemplo. Analise a sua situação com calma e pense em algumas possibilidades para diminuir os juros de sua dívida.

2 – Assuma que está endividado e busque apoio moral

Quanto mais cedo buscar ajuda de familiares ou amigos, mais fácil resolverá o problema. Declare para parantes e amigos próximos que está endividado e busque conselhos. Não pense que você sabe tudo. Se soubesse, não estaria nesta situação.

3 – Jamais peça dinheiro emprestado para amigos ou parentes que não são tão próximos

Se você está endividado, é muito provável que demore mais do que o prazo estabelecido para pagá-los e isso acarretará na perda de amizade. Foque em empréstimos em cooperativas de créditos ou parentes muito próximos que entenderão a sua situação e confiam em você.

4- Estabeleça planos de pagamentos e apresente a todos os seus credores

Peça maior prazo aos seus credores e explique a sua situação sem esconder absolutamente nada. Faça um planejamento e apresente a todos. Estabeleça uma ordem de pagamento da dívida e explique o motivo. Sugestão abaixo.

5 – Como deve ser a ordem de preferência para pagamento das dívidas

  • Dívidas de juros maiores: geralmente bancos, financiadoras e etc.
  • Pessoas menos próximas: serão menos compreensivas e causará maiores problemas
  • Pessoas próximas

6- Diminua o padrão de vida drasticamente

Este é o principal fator que faz o endividado pegar mais dívidas. Por vergonha, ele tenta manter o padrão de vida que tinha antes, tentando levar esta situação o máximo que conseguir. Venda ou troque o seu carro por um mais barato, corte a internet, TV a cabo, dispense empregada doméstica e recuse todos os serviços pagos que você mesmo poderá fazer até a situação melhorar. Corte o cartão de crédito e foque no auto-controle. Direcione a sua vida para pagar as dívidas. Viva para isso.

7- Venda o que puder vender para sanar as dívidas o mais rápido possível

O juros de uma dívida é composto assim como o juros de um investimento. Juros compostos quadruplicará a sua dívida num piscar de olhos.

8 – Recomece do zero

Com as dívidas sanadas. Recomece do zero. Passe a poupa uma parte do que ganha independente do que aconteça. Se o seu dinheiro não é suficiente, é porque está tendo um padrão de vida acima do que pode ter. Se o seu padrão de vida é considerado insuficiente para ter uma vida digna, especialize mais e busque maneiras de adquirir conhecimentos, habilidades. Em último caso, passe um período dedicando um maior tempo por dia a este propósito e poderá colher os frutos no futuro.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA