12 Segredos para Criar Uma Marca Pessoal.

333

Falar sobre marca pessoal no Brasil é um assunto polêmico. Porque este termo não é muito utilizado por aqui, e acaba sendo confundindo com “querer aparecer”. Mas não é nada disso, ter uma boa marca pessoal (que é conhecida nos Estados Unidos como Personal Brand), significa algo como ser reconhecido no seu meio, ter boa reputação, ser referência.

Um empresário bem sucedido consegue ter várias portas abertas normalmente por ser de confiança, por ter palavra, por ter seu nome conhecido. Isso leva a novos negócios, novos contatos, novas oportunidades e várias outras coisas boas na sua vida.

Você já imaginou quantos convites pessoas conhecidas recebem? Quantas oportunidades de ganhar dinheiro passam em suas vidas quase diariamente? Pois é, isso acontece graças a sua “marca pessoal”.

É indiscutível que sem a sua marca pessoal, Donald Trump nunca teria sido eleito presidente dos Estados Unidos.

E quando se fala de marca pessoal no Brasil, sempre acabamos lembrando do Neymar.

Neymar é um exemplo de boa gestão de marca pessoal, inclusive a Época Negócios até escreveu um artigo inteiro sobre o jogador e sua marca/nome. Neste artigo eles destacaram algumas razões que fizeram do Neymar um dos nomes mais cobiçados pelo mundo da propaganda, ficando em 17 lugar neste ranking junto com atletas como Usain Bolt, LeBron James e Michael Phelps.

06020158300

Agora seguem 12 dicas do blog Entrepreneur escritas por algumas pessoas que tiveram sucesso em promover os seus nomes nos Estados Unidos para valorizar as suas marcas pessoais. Veja a seguir:

1. Se transforme em uma super astro.

1480548033_grant-cardone
Crédito: Entrepreneur.com

A melhor maneira de construir a sua marca pessoal é se tornando um super astro no seu meio. O quarterback Tom Brady se tornou tão inacreditável no futebol americano que o New England Patriots construiu uma franquia inteira ao redor dele. O jogador de futebol, Neymar, é patrocinado pelas melhores marcas. Conor Mcgregor é uma estrela do UFC.

O Flávio Augusto, fundador da Wise Up e Geração de Valor ficou muito conhecido graças a sua atitude de ajudar outras pessoas a terem sucesso como ele teve. A falar verdades que poucos gostam de ouvir, mas que são extremamente motivadoras e necessárias.

Você nunca conseguirá criar a sua marca pessoal do nada. O seu nome será tão bom quanto as suas conquistas. Conquiste algo. Destaque. – Grant Cardone, especialista em vendas que criou um império imobiliário de U$500 milhões, autor bestselling Be Obsessed or Be Average (Seja obcecado ou seja medíocre) do New York Times, e apresentador do The Cardone Zone.

2. Publique, publique e publique.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Publique livros, artigos, vídeos, etc. Estas ferramentas constroem a sua credibilidade, faz você se destacar perante seus concorrentes e aumenta a sua reputação (é a estratégia usada pelo Flávio Augusto). Antes de publicar o meu primeiro livro, eu ajudei grandes celebridades a construirem a sua marca pessoal, como Tony Little e Billy Mays.

Apesar de eu ter sido capaz de impulsionar o nome destas pessoas, ninguém sabia quem eu era. Então eu comecei a publicar meus próprios conteúdos para que eu criasse uma marca pessoal e alcançasse novos mercados. Trace um objetivo de publicar o seu próprio livro, mas comece pequeno, com artigos. – Kevin Harrington, inventor do informercial, Shark no reality show Shark Tank com um patrimônio líquido de U$450 milhões.

3. Finja que está fazendo um show de sucesso.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

A maioria das pessoas tentam construir a sua marca pessoal através de posts aleatórios nas mídias sociais falando sobre qualquer coisa que acontece em suas vidas. Mas a sua estratégia mais importante é contar ótimas histórias, assim como acontece nos melhores shows como Game of Thrones, por exemplo. Comece com algo cativante – eu postei o Lamborghini YouTube Video que se tornou viral, por exemplo.

Assim como em todas as grandes histórias em livros ou filmes, raramente existe apenas um personagem. Existe um enredo central com drama, suspense, surpresa, desenvolvimento de caráter e alguma forma de resolução – foi assim que os Kardashians se tornaram uma marca colossal. É mais do que apenas Kim Kardashian; é a família, a história dela, as pessoas que elas saem e até mesmo o guarda-costas. Minha história no Snapchat nunca é apenas sobre mim, e a sua marca pessoal nunca deve ser apenas sobre você. Crie grandes histórias ao postar consistentemente sobre as pessoas principais na sua vida (ex. esposa, filhos, cachorros e jardineiro) – Tai Lopez, investidor e conselheiro de negócios multimilionários.

4. Publique os seus próprios relatórios.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Publique um relatório estatístico do seu meio profissional e coloque o seu nome nele. Repórteres e produtores sempre precisam de estatística para as histórias que eles querem escrever ou produzir, então dê estas estatísticas e eles citarão você. Quando eu publiquei pela primeira vez o The Corcoran Report no NYC real-estate market, ele era baseado em apenas 11 vendas mas foi suficiente para me colocar na primeira página do New York Times como uma especialista no meu ramo de negócios. – Barbara Corcoran, fundadora do The Corcoran Group e Shark no reality show Shark Tank.

5. Fale em todos os lugares que a sua audiência frequenta.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Nada fortalece mais a sua marca pessoal do que acrescentar valor a sua audiência via educação. Fale em eventos, seminários, conferências e encontros. Crie uma lista das pessoas que promovem estes eventos para fazer uma rede de contatos. Crie uma abordagem de comunicação simples: mostre depoimentos, credenciais, histórico para provar que você tem credibilidade. E então ensine e crie valor. A sua marca pessoal começará a crescer, assim como a sua audiência e faturamento. – Com Mirza, CEO da Fitness Expo Dubai e “The $500 Million Man”; Faliu 8 empresas seguidas e hoje comanda um império de mais de 9 dígitos e 600 funcionários.

6. Torne pessoal.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Todos nós somos únicos no jeito de ser e as pessoas gostam de se conectarem com outros pessoas genuínas. Compartilhe a sua história. Eu compartilho a minha história frequentemente sobre como eu comecei aos 14 anos de idade e quase fui a falência duas vezes antes de alcançar o meu sucesso atual – Manny Khoshbin, presidente da The Khoshbin Company e autor do Contrarian Playbook; chegou nos Estados Unidos aos 14 anos praticamente sem ter onde morar e agora tem um patrimônio de 9 dígitos.

7. Fique com o melhor físico da sua vida.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Maximize a sua saúde física. Quando você se sente ótimo, você fica com um ótimo humor, e isso reflete em você, o que acaba permitindo que as pessoas possam entrar em sintonia com esta energia. Estar bem e visivelmente com saúde atrai atenção de todo mundo. – Ian Clark, fundador e CEO da Activation Products.

8. Fique de frente com a sua audiência, consistentemente.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

A maior coisa que você pode fazer para impulsionar a sua marca pessoal é ficar na frente das pessoas regularmente. Fale em eventos, promova eventos, distribua vídeos promovendo você mesmo. Ao fazer isto, a sua marca pessoal irá crescer a medida que as pessoas começarem a associar você com o seu produto ou serviço ao invés de ser apenas a sua empresa – Kim Barrett, proprietário da Your Social Voice.

9 – Fique ao vivo todos os dias no Facebook.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Seth Godin diz que a melhor maneira de criar uma marca é gerando confiança no marketplace. Para criar confiança, você deve chamar atenção e criar valor. Para mim, não há nenhum substituto para o Facebook Live. Se você não está ficando ao vivo no Facebook todos os dias com conteúdo e criando valor, você está desperdiçando este valor e ficando para trás. – Calvin Coyles, CEO do Young & Wildly Sucessful; 26 anos de idade e transformou a YWS em uma empresa de 9 dígitos em 10 meses. 

10. Evolua um por cento todos os dias.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Se você puder evoluir todas as coisas que faz ao longo do dia em apenas um por cento, então os ganhos coletivos se transformarão em algo incrível. Ao adotar este conceito de ganhos marginais, você irá tomar melhores decisões e, ao longo do tempo, estas melhores contínuas irão melhorar positivamente a sua vida e imagem mais do que qualquer outra coisa que você poderia fazer. – Josh Black, investidor, empreendedor e CEO do GroupM Content na Asia; GroupM é o maior grupo de investimento em mídia com mais de $100 bilhões em contas.

11. Crie sistemas para construir sua marca.

 

É importante desenvolver sistemas que consistentemente constroem e reforçam a sua marca – não importando o quanto você esteja ocupado. Dependendo do seu negócio, você precisará ter sistemas para publicar conteúdo novo no seu blog, perseguir compromissos de palestras, e manter contatos. Mas o seu sistema não precisa ser complexo, você pode simplesmente adicionar ‘mídias sociais’ no seu calendário diário, e ‘escrever no blog’ no seu calendário semanal. – Rhonda R. Swan, fundadora e CEO do Your Brand is My Business e The Freedom-Preneur Movement.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

12. Encontre e apoie a sua tribo.

Crédito: Entrepreneur.com
Crédito: Entrepreneur.com

Ganhar a confiança e os relacionamentos necessários para criar uma marca pessoal exige anos de dedicação. Crie uma pequena tribo de pessoas leais que ouvem seus conselhos e ganham dinheiro com eles. A minha tribo foi criada através daqueles que eu fui coach e que agiram de forma consistente. Existe alguns que investi mais tempo porque vi potencial em torná-los bem sucedidos. O resultado? Criou-se uma divulgação boca a boca sobre a minha vontade de realmente ver as pessoas tendo sucesso, e sobre meu conhecimento em determinada habilidade que estava em demanda no e-commerce. – Neil Twa, cofundador da eCom Pro Academy.

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA