7 Coisas Ótimas acontecem quando você para de “Ser legal”!

534

Este artigo foi retirado do blog Entrepreneur e traduzido por Buy and Hold.

São 19 horas de uma Sexta-feira. Você está prestes a sair pela porta do escritório, ansioso para chegar em casa após uma longa semana. De repente, um e-mail aparecer na sua caixa de entrada. É um cliente perguntando se você pode conferir um documento de 27 páginas. Qual será a sua atitude?

Se você é como eu era, você suspira, larga a sua bolsa e senta novamente na frente de seu computador.

Mas por qual motivo?

Por se sentir obrigado? Por ser urgente e não poder esperar até Segunda (aposto $10 que a resposta é não)? Ou porque é a coisa mais legal a se fazer?

Não há nada de errado em ser uma pessoa gentil. Gentileza significa levar o sentimentos das outras pessoas em consideração, se preocupar com parentes doentes e estar perto dos seus amigos nas horas difíceis.

Mas eu percebi que ser legal no trabalho é totalmente diferente, e até recentemente, eu buscava este objetivo na minha carreira.

Quando você para de se preocupar em ser legal e passa a colocar as suas necessidades em primeiro lugar, coisas incríveis podem acontecer com a sua carreira.

1 – As pessoas passam a respeitar o seu tempo.

É o princípio básico por trás do valor de escassez — as pessoas dão mais valor para aquilo que está menos disponível. O mesmo acontece com o seu tempo. Quando você para de ficar disponível todas as horas, as pessoas respeitam mais o tempo que tem com você.

Estabeleça limites para quando você está e quando você não está disponível para os clientes — e cumpra após definir.

 2 – Você ganha mais dinheiro.

Se eu ganhasse um centavo por todas as vezes que eu evitei pedir um aumento, isso será irônico dizer, mas eu teria muito dinheiro em moedas de um centavo.

Não é ofensivo pedir o valor que você vale.

Eu repito: não é ofensivo pedir o valor que você vale.

Quando você se preocupa em parecer presunçoso ou ganancioso, você não pede aumento de salário. Na maior parte das vezes, você não receberá este aumento se não pedir.

Descubra o seu valor, elabore motivos convincentes e vá pedir o aumento.

3 – Você passa a trabalhar mais em projetos interessantes.

Quando você está preocupado em ser legal, você diz “sim” para as coisas simplesmente por obrigação.

Quando você passa a dizer “não” para os projetos que não lhe interessa, você libera tempo para aqueles que irão te interessar — e acabará fazendo um melhor trabalho como resultado.

4 – Você acaba tendo mais tempo para as coisas que importam.

O tempo castiga aqueles que sempre estão dizendo “sim!”.

Quando você para de ser legal e começa recusar eventos chatos com parentes distantes e conhecidos chatos, você descobre que acabará tendo mais tempo (e energia!) para as atividades que são realmente importantes para você.

5 – Você atrai os clientes certos.

Todos nós queremos clientes respeitosos, otimistas e de fácil comunicação. Quando você encontra um ótimo cliente, é natural querer fazer um ótimo trabalho.

Mas quando você se desdobra para atender um cliente específico, este tipo de comportamento passa a ser esperado como regra.

Estabeleça uma relação saudável com o seu cliente desde o começo e informe através de uma comunicação clara a sua forma de trabalhar: as horas que você trabalha, as horas que você se desliga do trabalho, o processo para mudanças e aprovações, etc. Quando você estabelece os limites antes do contrato ser assinado, você terá grande chance de acabar trabalhando com clientes que respeitam tais limites.

6 – Você se sente mais com o controle de sua vida.

É verdade o que todos dizem: Você deve ser cuidar, porque ninguém mais fará isso para você.

Quando você para de ser legal e começa a controlar o seu tempo, carreira e prioridades, você se sente motivado a dar novos passos proativos em direção a seus objetivos.

7 – Você alcança os seus objetivos mais rapidamente.

Quando você prioriza os seus objetivos sob os objetivos de terceiros, uma coisa maravilhosa acontece: Você realmente os alcança, e geralmente em um prazo menor do que o esperado.

Não olhar os e-mails após as 18 horas. Levar os seus filhos para um feriado prolongado. Criar o negócio que você sempre sonhou. Quanto a sua vida poderia mudar se você parasse de se preocupar em “ser legal”?

Sobre a Autora:

TAMI BREHSE
COLABORADORA
Consultora de Marketing Freelance

 

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA