8 Formas de melhorar a sua Auto-Confiança

480

auto-confiante

 

Você já percebeu que algumas pessoas tem “algo a mais”. Pode ser aquela pessoa que mudou totalmente a sua primeira impressão, e que você passou a respeitar e admirar. Ou mesmo que você não tenha admirado, nem gostado do jeito dela, mas a sua forma de agir e de se comportar fez com que você a respeitasse. Provavelmente a característica desta pessoa que fez isso acontecer se chama auto-confiança.

Pessoas com auto-confiança tem brilho próprio. Algumas vezes elas não se destacam à primeira vista, mas pela linguagem corporal, tom de voz, e a opinião sobre o mundo.

O retrato de uma pessoa que não tem confiança em si mesmo se resumirá a isso, ela:

  • Terá duvidas de si mesmo. E se alguém não confia nas suas próprias opiniões, ideias e habilidades, quem irá?
  • Tenderá a ficar na sua zona de conforto. A falta de auto-confiança impede as pessoas de aceitarem novos desafios. Esta pessoa acabará ficando estagnada em sua vida, e provavelmente passará a vida inteira em um emprego deprimente.
  • Desistirá no primeiro obstáculo. Uma pessoa com auto-confiança não se abala na primeira queda. Ela segue em frente, cai, tenta outra vez, cai novamente, e é justamente por isso que ela tem sucesso. A pessoa que não é auto-confiante tende a não ser persistente e evitar desafios.

Se você se identificou com alguma destas características, está na hora de eliminar ela de sua vida, basta treinar mentalmente e ler algumas dicas que estão logo abaixo neste artigo. A vida pode ser muito melhor do que acreditamos que possa ser!

Você já parou para pensar que existia no Brasil garotos tão habilidosos quanto o Neymar, exatamente da mesma idade do craque, e que acabaram não se tornando jogador de futebol profissional? A questão muitas vezes não é apenas falta de oportunidade, mas a falta de auto-confiança.

Quantas vezes você já deixou de fazer algo porque ouviu alguém falando que a sua ideia nunca iria dar certo?

Todas as pessoas que já fizeram algum sucesso nesse mundo ouviram isso, mas elas não se deixaram abalar.

E aqui estão algumas dicas baseadas no artigo do site Entrepreneur para melhorar a sua auto-confiança:

  1. Tenha uma visão honesta de si mesmo.

Johnny Unitas, um famoso atleta do futebol americano, disse: “Existe uma diferença entre presunção e confiança. Presunção é se gabar. Já a confiança significa que você acredita que pode executar determinada tarefa.” E você consegue ter mais confiança quando se sente bem preparado. Mas cuidado: existe uma linha muito tênue entre estes dois conceitos. Se a sua confiança ultrapassar a sua habilidade, você se tornará uma pessoa arrogante.

2. Diga não.

Uma pesquisa da Universidade de São Francisco mostrou que quanto maior a dificuldade de dizer “não” para os outros, maior a chance de ficar estressado, esgotado e até mesmo deprimido. Dizer não é completamente necessário. Todos ao seu redor irão te respeitar, e até mesmo gostar mais de você, se você souber falar não. As pessoas não gostam de quem enrola, e dizem frases como: “Vou ver…”; “Não sei ainda…”.

O “não” também aumenta a confiança no seu “sim”. Quando você disser sim, todos irão acreditar que você realmente irá fazer o que prometeu.

3. Faça as pazes com o seu chefe (ou peça demissão)

Brigas com o chefe podem abalar a confiança até mesmo dos funcionários mais talentosos. Críticas constantes é como a água na pedra: “Tanto bate até que fura”. Veja onde e como a relação de vocês pode melhorar, se não, melhor partir para outra.

4. Busque as pequenas vitórias.

Pessoas confiantes tendem a se desafiarem, mesmo quando seus esforços já lhe recompensaram com algumas pequenas vitórias. Estas vitórias são altamente necessárias porque estimulam partes do cérebro responsáveis pela recompensa e motivação. Quando você tem uma série de pequenas vitórias, a motivação para seguir em frente irá durar por semanas!

5. Encontre um mentor.

Nada melhor para criar auto-confiança do que ter alguém que já teve sucesso naquilo que você está querendo fazer. Ele irá te dar dicas baseadas na experiência, e acima de tudo, mostrará que é possível. E se ele conseguiu, porque você não irá?

6. Faça exercícios físicos

Este é um item que não pode faltar. Uma pesquisa do Instituto de Pesquisa de Eastern Ontario descobriu que as pessoas que se exercitaram duas vezes por semana ao longo de 10 semanas se sentiram mais confiantes socialmente, academicamente e fisicamente falando. Elas ainda deram notas maiores para a sua aparência e auto-estima. E o melhor de tudo, a endorfina gerada pelo exercício físico contribuiu para que elas agissem de maneira positiva com maior frequência diante de determinadas situações. Então se você quer se tornar mais auto-confiante, tire essa bunda da cadeira!

7. Vista-se para o sucesso.

Acredite ou não, mas a sua maneira de vestir causa um impacto profundo na maneira como as pessoas te enxergam.

Estudos mostraram que as pessoas falam de forma diferente quando estão bem-vestidas e quando estão com roupas casuais. Mas mais importante do que isso, você deverá se vestir da forma como quer ser visto. E se você quer ser visto como uma pessoa auto-confiante, nada melhor do que, pelo menos, não andar por aí com camisas surradas e sapatos sujos. Parece uma coisa óbvia, mas repare em quantas pessoas você vê por aí nas ruas vestidos desta forma.

É aquela velha história de contratar um médico, advogado (ou qualquer outro profissional) e encontrar uma pessoa mal vestida e com um escritório sujo e entulhado. Você acaba ficando com o pé atrás e será necessário um bom diálogo para mudar esta impressão.

8. Não seja agressivo.

Agressividade não é confiança, é imposição. Muitas pessoas inseguras mascaram a sua insegurança com agressividade. Não é necessário ser mal educado, rude ou agressivo para mostrar confiança. Veja pessoas como o Obama, o Papa Francisco, ou qualquer outro líder mundial ou nacional. Você encontrará muitos que são auto-confiantes, e são bem-humorados e calmos ao mesmo tempo.

A auto-confiança pode ser resumida em simplesmente não ter medo ou vergonha de quem você é, e das suas opiniões sobre o mundo. Tem pessoas auto-confiantes que são totalmente “não-convencionais”.

Observe o Mr. Catra. Ele normalmente tem opiniões contrárias as da maioria da população, mas basta assistir a uma entrevista dele que logo você percebe que ele é muito seguro de si.

Use estas dicas como referência, e acima de tudo, não desanime quando alguém disser que você não é capaz!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA